FAVET: 58 anos de historia.


No dia 23 de março de 2021, a Faculdade de Medicina Veterinária (FAVET) da Universidade Estadual do Ceará (UECE) completa 58 anos de história.

Desde então, muitos acontecimentos e conquistas se fizeram presente na caminhada da Faculdade de Veterinária.

No ultimo ano, foram formados 54 alunos na graduação, 69 alunos na pós-graduação e 8 residentes em Medicina Veterinária.

A Faculdade de Veterinária possui três Pós-Graduações que destacam-se no cenário Nacional e Internacional. São elas: Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias – PPGCV; Doutorado Profissional em Biotecnologia em Saúde Humana e Animal – PPGBiotec e o Programa de Pós-Graduação de Doutorado em Biotecnologia – Rede Nordeste de Biotecnologia – Renorbio.

Em 2019, foi implementado a Residência Veterinária, que agora em 2021, forma sua primeira turma.

O Início de uma história

Em 1962, o Dr. Francisco Figueiredo de Paula Pessoa, Secretário de Agricultura e Obras Públicas, encaminhou à Assembléia Legislativa o Projeto de Lei que criou a Faculdade de Veterinária do Ceará, que foi prontamente aprovada pelo poder legislativo. Então, a instituição iniciou o seu funcionamento na Rua Princesa Isabel e realizou o seu primeiro vestibular no período de 14 a 21 de março de 1963. A partir de 1967, a Faculdade de Veterinária do Ceará passou a funcionar na Fazenda experimental do Ministério de Agricultura, no Itaperi.

No Governo do Cel. Cesar Cals de Oliveira Filho, o Conselho Diretor da Fundação Educacional do Ceará implantou a Universidade Estadual do Ceará (UECE), no dia 05 de março de 1975, e o governador homologa a sua fundação no dia 10 de março. A Universidade Estadual do Ceará, inicialmente, estava estruturada em 04 Centros: Centro de Ciências da Saúde – CCS, Centro de Ciências e Tecnologia – CCT, Centro de Estudos Sociais Aplicados – CESA e, Centro de Humanidades – CH. O Centro de Ciências da Saúde, constituído dos Cursos de Enfermagem e Medicina Veterinária. Então, no dia 20 de novembro de 1987, o Conselho Universitário da UECE dá origem a Faculdade de Veterinária – FAVET, promovendo assim o desmembramento CCS.



Graduação

A graduação viveu em 2020 viveu sua primeira experiência do ensino remoto. Por uma imposição da COVID-19, professores e estudantes tiveram suas vidas modificadas fortemente para adequação do ensino na prática acadêmica. Infelizmente, o cenário foi muito rigoroso e desafiador, tanto para professores se adaptarem aos recursos tecnológicos, quanto para os alunos em manter sua rotina de aprendizado baseado em horas e horas na frente do computador ou celular.

Olhos cansados, banco de dados consumidos, dedos cada vez mais ágeis e mente cada vez mais conectada fizeram de 2020 o ano mais desafiador para o aprendizado dos estudantes. O empenho dos professores, apesar de suas reconhecidas limitações por conta do abrupto momento de mudança que não permitiu adaptações e treinamentos adequados. Tudo isso era motivo de desmotivação e desistência. No entanto, a garra de toda equipe nesses 58 anos de existência, superou a pandemia e conseguiu encerrar 2 semestres de ensino num total de 54 alunos que concluíram o curso. Notadamente, a colação de grau também se adequou aos modelos remotos e cada em suas casas pode celebrar dupla vitória: a de encerra uma graduação e a de sobreviver as injúrias de uma pandemia.



Pós-Graduação

Três décadas de história, mais de 400 mestres formados, mais de 150 doutores colocados no mercado de trabalho e uma vocação única para inovar, expandir os horizontes, superar desafios e entregar à sociedade profissionais cada vez mais competentes. É assim que o Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias (PPGCV) da Universidade Estadual do Ceará (Uece) se destaca no cenário nacional e se propõe a alcançar um conceito ainda melhor na avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Hoje, o PPGCV é o único das regiões Nordeste, Norte e Centro-Oeste com nota 6 pela Capes na área de Medicina Veterinária, o que significa um desempenho equivalente ao alto padrão internacional. “Vamos trabalhar não apenas para manter a nota 6, que vem se repetindo desde 2007, mas para alcançarmos a nota 7, pontuação máxima conferida pela Capes. A boa avaliação do Programa é fruto do esforço dos professores e da qualidade dos alunos”, afirma a professora Carminda Sandra Brito Salmito-Vanderley, que acaba de assumir a coordenação do PPGCV da Uece.

O Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Biotecnologia em Saúde Humana e Animal funciona sob a forma de Mestrado Profissional (MP) e Doutorado Profissional (DP), em consonância com as normas da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
O mestrado teve suas atividades iniciadas em 2013, já concedeu título de mestre à 38 alunos e possui as seguintes linhas de pesquisa: Desenvolvimento de bioprodutos – prospecção, identificação e caracterização; Escalonamento na produção, controle de qualidade e regulamentação de bioprodutos; e Desenvolvimento e validação de dispositivos e protótipos.
O Doutorado Profissional em Biotecnologia em Saúde Humana e Animal (PPGBiotec) foi aprovado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) com conceito 4. O doutorado é o único no país e possui associação com o Centro Universitário CESMAC, a Universidade Estadual do Piauí (UESPI) e a Universidade Federal do Piauí (UFPI).

O Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia (PPGB-Renorbio) que se caracteriza como um programa em rede, constituído por várias Nucleadoras (IES de todo os estados do Nordeste e o Espírito Santo) foi criado em 2006 por um grupo de Professores/Pesquisadores, liderado pelo Prof. José Ferreira Nunes e já formou 1.136 doutores. Na UECE, o programa envolve o Centro de Ciências da Saúde (CCS), o Centro de Ciências e Tecnologia (CCT) e a Faculdade de Veterinária (FAVET) e, após mais de uma década de existência, o PPGB-Renorbio, atualmente está vinculado a esta última. A Nucleadora UECE, além da própria UECE, envolve instituições Associadas, como a URCA, FIOCRUZ, EMBRAPA e UNIFOR. Atualmente, a coordenação da Nucleadora UECE está sendo conduzida por professores da FAVET (Profa. Ana Paula Rodrigues – Coordenadora) e do CCT (Prof. Carlucio Roberto Alves – Vice-Coordenador). Apesar do cenário desafiador da pandemia de Covid-19, no período de janeiro de 2020 a março de 2021, um total de 29 alunos defenderam suas Teses de Doutorado, mostrando que o Renorbio não tem parado e continua contribuindo de maneira significativa para o desenvolvimento científico e tecnológico do Ceará, preparando e formando profissionais qualificados na área de Biotecnologia. Além dos grandes esforços dos Docentes e Discentes do programa, destaque-se o empenho da FAVET em manter no nosso quadro de Docentes, os Professores Visitantes, que além do já existente, em 2020 duas novas professoras foram contratadas. É importante destacar também a dedicação, competência e a responsabilidade com as quais, as nossas secretárias (Welcya Barros e Maria Helena VIeira) têm executado suas atividades para alcançarmos êxito. O PPGB-Renorbio tem representado muito para o estado do Ceará, não apenas formando doutores/pesquisadores/professores; aumentando a produção científica, tecnológica e intelectual e/ou fortalecendo o empreendedorismo, como também vem contribuindo com as Medidas de Enfrentamento à Covid-19. Neste sentido, destacamos o trabalho da nossa Docente, a Profa. Maria Fátima da Silva Teixeira que foi indicada como Membro do Grupo de Trabalho para o enfrentamento à pandemia do coronavírus no âmbito da Fundação Universidade Estadual do Ceará (FUNECE), criado em 17 de março de 2020 na UECE. Todas essas ações comprovam a relevância que o PPGB-Renorbio tem, não apenas para o contexto científico e tecnológico, mas também para o contexto social no estado do Ceará.


FAVET Solidária

A FAVET Solidária é um Projeto de extensão da Faculdade de Medicina Veterinária de iniciativa dos professores José Ricardo de Figueiredo e José Nailton Bezerra Evangelista. O projeto tem como objetivo promover a formação humanística dos alunos através do conhecimento da realidade de muitos brasileiros, bem como repassar os conhecimentos dados na Universidade à pessoas em estado de vulnerabilidade social.

A Favet Solidária iniciou suas atividades em 2018 com a vontade e a esperança de colaborar com pessoas em situação de vulnerabilidade. Sempre trabalhando com campanhas temáticas, vem com enorme satisfação falar da experiência de trabalhar a solidariedade em 2020 diante dos desafios da Covid19. O professor Everton Nogueira afirma que: ” O maior desafio foi adaptar as ações presenciais para um formato online. Tivemos a experiência de realizar ações como o I Simpósio Solidário de Veterinária bem como a divulgação de materiais informativos para o cuidados com a mente humana e com o trato dos animais. Com relação as arrecadações para as as nossas Caravanas Solidárias, a equipe Favet Solidária e o Grupo Cristão Mãos de Luz agradece aos docentes e discentes pelo coração de solidariedade, pois todas as metas de empatia e amor ao próximo foram atingidos. Acreditamos que a empatia será o caminho para um mundo mais harmônico e com menos desigualdades sociais. Toda nossa gratidão se expressa nesse momento.”




Programa de Residência

O Programa de Residência em Área Profissional da Saúde/Medicina Veterinária (PRAPS/MV) da Faculdade de Veterinária (FAVET) da UECE apresenta-se como uma modalidade de ensino de pós-graduação lato sensu destinado a Médicos Veterinários, sob a forma de curso de especialização, caracterizado por treinamento em serviço.

Atualmente são oferecidas 09 (nove) vagas vinculadas às seguintes subáreas (01 vaga/subárea): Anestesiologia Veterinária, Clínica Cirúrgica de Pequenos Animais, Clínica Médica de Pequenos Animais, Clínica Médica e Cirúrgica de Grandes Animais, Diagnóstico por Imagem, Medicina Veterinária Preventiva – Saúde Pública, Patologia Animal, Patologia Clínica Veterinária e Reprodução Animal.

O Programa foi implementado em 2019, e agora em 2021, forma sua primeira turma. A colação de grau da referida turma está prevista para abril.



Hospital Veterinário Sylvio Barbosa Cardoso

O Hospital Veterinário Sylvio Barbosa Cardoso, fundado em 2016, já realizou, em média, 21.500 procedimentos desde a sua implantação. No ano de 2020, foram realizados 12.179 consultas, 1148 cirurgias e 4085 exames.



O Hospital conta com apoio de professores, alunos de graduação e pós-graduação, residentes e funcionários, sempre buscando unir aprendizado e qualidade. O objetivo principal do hospital é formar bons veterinários e contribuir com a comunidade oferecendo serviços de qualidade com preço acessível.



O Hospital Sylvio Barbosa Cardoso também conta com uma unidade específica para atendimento à grandes animais: a Clínica de Grandes Animais. Inaugurado recentemente, este setor recebeu, dos diretores e coordenadores, atenção para crescimento e desenvolvimento.Um trabalho conjunto entre professores, veterinários, membros de grupo de estudo e residentes. Com tais investimentos, foram alcançadas expansões como adequação de piquetes de solturas, reformas de baias, compra de equipamentos e insumos, entre outros. Notavelmente, durante o decorrido ano de 2020 a expansão do setor tornou possível o atendimento à grandes animais em novas especialidades como terapias integrativas e clínica da reprodução, além de contemplar uma maior variedade de espécies, e intensificando na forte demanda da sociedade ao atendimento emergencial de equinos. Não menos importante, o setor pôde aumentar o seu alcance de atendimento à sociedade com a inauguração do atendimento móvel à domicílio para grandes animais, onde a equipe de médicos veterinários e estudantes se desloca aos criatórios, fazendas e haras da região metropolitana de Fortaleza, para prestar atendimento in loco. Além do impacto pela geração do serviço à sociedade cearense, o atendimento móvel à grandes animais representa um marco na história da FAVET, sendo hoje um importante aliado pedagógico para os estudantes de medicina veterinária, e também fazendo parte integral da rotina de atendimento dos Médicos Veterinários ligados ao programa de Residência Veterinária em Saúde Pública. Com tais expansões, durante o ano passado, foram atendidos 55 pacientes, de 25 criadores diferentes, espalhados por 5 municípios da região metropolitana. A gestão da Clínica de Grandes Animais está à cargo da Profª .MSc. Sabrina Tainah Cruz, professora da FAVET e especialidade de Clínica de Ruminantes e do Médico Veterinário Antônio Carlos de Albuquerque Teles Filho.



Fazenda Guaiuba

A Fazenda de Experimentação Agropecuária Dr. Esaú Accioly Vasconcelos, da Universidade Estadual do Ceará (UECE), localizada no município de Guaiúba-CE, ocupa uma área de 300 hectares dedicados ao ensino de graduação e de pós-graduação, além de servir para pesquisa e aos serviços de extensão da Faculdade de Veterinária da UECE. Possuindo um rebanho de equinos, bovinos, caprinos, ovinos e galinhas. A fazenda possui ainda toda uma infraestrutura de suporte para as atividades desenvolvidas com alojamentos, laboratórios, refeitório, estrutura para realização de cursos na área de biotecnologia da reprodução e sala de aula. A história da Fazenda Guaiúba sempre foi de muita luta e conquista por parte do trabalho de todos os seus funcionários e professores colaboradores sempre com o objetivo de proporcionar a todos os alunos, professores e visitantes a melhor condição para a realização de suas atividades além de promover o desenvolvimento e o aprimoramento do rebanho e das nossas estruturas físicas a fazenda pode contribuir ainda mais com atividades tanto de ensino como difusão de tecnologias voltada para o campo para o desenvolvimento do município ao qual está situada como para toda a região.



Em setembro de 2020, em comemoração ao dia do Médico Veterinário, o Professor José Ferreira Nunes foi agraciado com a medalha de Ordem do Mérito para o Grau de Comendador, por todos os seus valores e seus serviços prestados a Faculdade de Veterinária.



Em meio a todas as adversidades, a Faculdade de Veterinária teve suas ações políticas e de reconhecimento de méritos. Politicamente, foi apresentada a chapa Uece que Queremos; na liderança dos professores Hidelbrando e Dárcio Italo para galgar os cargos de Reitor e Vice-Reitor da UECE. A campanha mais longa eleitoral que culminou numa vitória representada pela aceitação majoritária das categorias docente, estudante e servidor. Além disso, a Faculdade de Veterinária conseguiu também estabelecer posições em várias esferas políticas e administrativas.



O Ano de 2020/2021, apesar de todos as vitórias, também é marcado pela dor da superação. A morte também rondou a Faculdade de Veterinária e ceifou a vida de amigos queridos, servidores dedicados e maculou nossa memória com a triste partida. Mas apesar disso, também celebramos a vida gerada e nascida em meio a pandemia, nossos estudantes e servidores também deram a luz e trouxeram esperança e vida para todos que aqui ficaram. Diversos professores, estudantes e funcionários receberam alta médica e sobreviveram a um vírus letal que dizima a população mundial. Fortes guerreiros, grandes pessoas que renascem para o bem e o amor.

Assim, agradecemos cada momento vivido e celebramos os 58 anos da FAVET agradecendo por tudo, pelo aprendizado, pela experiência, mas sobretudo pelo dom da vida.



Fonte: UECE
Data: 23/03/2021
Instituições Participantes