Integração com a Sociedade

Indicadores

Sobre a interação entre a indústria e a academia, cabe ressaltar que alguns orientadores já estabeleceram vínculos de intercâmbio entre si, como por exemplo, por meio do EditalMCT/CNPq/FNDCT/FAPs/MEC/CAPES/PRO-CENTRO-OESTE Nº 031/2010, e com algumas empresas constituintes do pólo farmacêutico da região centro-oeste. O mesmo ocorrendo no Sudeste, onde docentes das diferentes instituições participam do GeCIV, que é o grupo Executivo do Complexo Industrial das Ciências da Vida do Estado do Rio de Janeiro, formado por representações de várias universidades e instituições. Na região Nordeste, encontra-se em construção o Polo Industrial e Tecnológico da Saúde, onde será instalado o Pólo Farmacêutico da FioCruz, além de outros projetos em andamento para instalação de parques tecnológicos em outras instituições, como a UECE.

Estágios Profissionais

Com a parceria formal com empresas do setor farmacêutico e biotecnológico, os estágios profissionais são facilitados. Ressaltamos que o estágio profissional é obrigatório na carga horária de formação do discente no programa.

Instituições Participantes